quinta-feira, 16 de abril de 2015

Fantasmas, vultos e sombras (V)

"Os Espíritos da Estrada Antiga"

Há algumas dezenas de anos atrás, existiam duas Herdades que ocupavam um espaço territorial vasto.
Falamos da Herdade das Coimbrãs e do Monte de S. Luís (onde existem ainda hoje as ruínas de uma capela, que habita as memórias, mesmo das gerações mais novas, pese embora entre estas últimas sejam mais difusas).
Entre ambos os locais existia uma estrada em terra batida, que passava junto a um determinado ribeiro.
Quando as pessoas levavam animais por aquele caminho (cavalos, burros, vacas, ovelhas) esses animais desviavam-se do dito, num certo e determinado ponto.
As pessoas diziam então entre si, que ali haviam espíritos e fantasmas não muito longe desse mesmo ribeiro, o que fazia com que os animais daí se desviassem.
Poderia ter existido uma necrópole no local e esse achado de ossadas por parte de algum popular aliado aos contínuos episódios envolvendo os animais ter motivado tais estórias?
É uma possibilidade.
Recolha efectuada a 14/04/2015.
Informante: José Domingos Pedras Sardinha, 29 anos, nascido em Santiago Maior (Beja) e a  viver actualmente em Baleizão.